top of page
Search

Seu Green Card Condicional: Como e Quando Remover Condições

Se você é um titular de green card condicional, seu green card é válido por apenas dois anos.


Isso significa que, antes de seu green card expirar, você deve remover as condições de seu status de residência permanente legal (Legal Permanent Resident - LPR) para receber o green card de 10 anos, preenchendo o Formulário I-751 - Petição para Remover Condições de Residência. Hoje falaremos sobre quando e como você deve peticionar para que as condições de seu status LPR sejam removidas.


Quando devo arquivar o formulário I-751 para remover as condições do meu status LPR?


Se você obteve seu green card com base no casamento com um cidadão dos EUA (US Citizen - USC) ou LPR e você é o cônjuge estrangeiro, você deve enviar o formulário I-751 entre 90 dias antes do seu green card expirar e a data de expiração do documento. Você pode usar a Calculadora de Data de Arquivamento do USCIS aqui When to File Form I-751 | USCIS para verificar quando você está qualificado para preencher seu formulário I-751.


Se você é filho do cônjuge estrangeiro e não foi incluído na petição de seus pais, você pode preencher seu formulário I-751 a qualquer momento, mas antes que seu green card expire.


Se o cônjuge ou padrasto USC ou LPR faleceu, ou o casamento terminou por divórcio ou anulação, ou você é um cônjuge ou enteado estrangeiro que sofreu abuso físico e/ou emocional, foi agredido ou submetido a extrema crueldade, ou o término de seu status resultaria em extrema crueldade, você pode enviar sua petição a qualquer momento, mas antes que seu green card expire.



Como faço para solicitar a remoção das condições do meu status LPR?



Se você é o cônjuge estrangeiro ou enteado de um cidadão americano (USC) ou residente permanente legal (LPR), você deve incluir em sua petição amplas evidências para comprovar que o casamento base do green card se deu de boa-fé. O primeiro é o que chamamos de petição conjunta, o que significa que o cônjuge estrangeiro e o cônjuge LPR ou USC apresentarão a petição juntos. A petição remove as condições de residência e finaliza o processo de obtenção do status de residente permanente. Não apresentar a petição pode criar um problema de deportação. A aprovação da petição I-751 resulta em um green card de 10 anos e na capacidade de viver e trabalhar permanentemente nos Estados Unidos, alem de levar a cidadania e a naturalização.


Você deve incluir os seguintes documentos juntamente com sua petição:


  • Cópias frente e verso do seu Cartão de Residente Permanente

  • Cópias frente e verso dos Cartões de Residente Permanente dos filhos condicionais residentes que você estiver incluindo na sua petição (se aplicável)

  • Evidências do relacionamento

  • Apresente cópias de documentos que indiquem que o casamento pelo qual você obteve o status foi realizado de boa-fé e não com o objetivo de contornar as leis de imigração

  • Apresente cópias de tantos documentos quanto possível para comprovar esse fato e demonstrar as circunstâncias do relacionamento desde a data do casamento até a presente data

  • Uma explicação para o motivo pelo qual está apresentando a petição fora do prazo (se aplicável)

  • Uma explicação para o motivo pelo qual está apresentando a petição separadamente do seu cônjuge condicional residente principal (se aplicável)

  • Informações sobre acusações, detenções ou condenações criminais (se aplicável)


No entanto, existem exceções para residentes condicionais que solicitam a isenção do requisito de apresentação conjunta. A solicitação de isenção do requisito de apresentação conjunta pode ser necessária para viúvos ou pessoas que buscam o divórcio. Os solicitantes podem selecionar uma ou mais das seguintes razões:


  • Morte do cônjuge

  • O casamento foi realizado de boa-fé, mas foi encerrado por meio de divórcio ou anulação

  • O cônjuge cidadão americano ou residente permanente foi abusivo

  • O término do status e a remoção dos Estados Unidos resultariam em dificuldades extremas.


Como remover as condições do meu status de residente permanente legal se eu for vítima de abuso ou crueldade extrema?


Para solicitantes que apresentam uma solicitação de isenção do requisito de apresentação conjunta, há mais flexibilidade no prazo e o residente condicional pode apresentar a petição antecipadamente. Nesse caso, você deve incluir com sua petição evidências de apoio que indiquem que o casamento pelo qual você obteve o status foi realizado de boa-fé e não com o objetivo de contornar as leis de imigração. Apresente cópias de tantos documentos quanto possível para comprovar esse fato e demonstrar as circunstâncias do relacionamento desde a data do casamento até a data do falecimento do seu cônjuge ou padrasto.


Se você for vítima de abuso ou crueldade extrema, também deve incluir evidências de abuso, incluindo, mas não se limitando a: boletins de ocorrência policial, prontuários médicos, fotos, declarações juramentadas de apoio de testemunhas e cartas de profissionais de saúde e relatórios de saúde mental.


Se você for vítima de abuso ou crueldade extrema, o primeiro passo que você deve tomar é agendar uma consulta com um de nossos advogados. Nossos advogados de imigração falam inglês, português e espanhol e estão prontos para lidar com o seu caso. Todas as informações compartilhadas durante sua consulta são consideradas confidenciais. Seu agressor nunca ficará sabendo do que foi dito durante nossas consultas ou do status do seu processo de imigração pendente. Além disso, é importante ressaltar que o seu agressor nunca será contatado pelo USCIS durante o seu processo de remoção de condições. Todas as informações, incluindo o seu endereço, serão mantidas confidenciais.


Se você estiver pronto para iniciar o seu processo de I-751, você pode agendar uma consulta clicando no botão Reservar Online (Book Online) no canto superior direito da tela, visitando nosso site https://www.skvlegal.com/book-online, ligando para nós pelo telefone 385-334-4030 ou nos encontrando no WhatsApp pelo número 385-285-0054. Você também pode nos encontrar no Facebook @lear.law.life e seguir-nos no Instagram @learimmigration @learlaw_espanol @lear_law.


Comments


bottom of page